quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Eu sou meu grande dilema




“O que eu não quero eu faço. E o que eu quero eu sigo sem fazer”. Esta bem, eu assumo, eu sou o grande problema! Meu nome? “ser humano”, falho, imperfeito, orgulhoso. Acabei me acostumando com esse dilema. Durmo, acordo, caiu, levanto. Falo, falo e sempre me arrependo. Choro quase um rio de lagrimas e então decido mudar. Porém no outro dia, percebo que sou o mesmo. Eu sei, dentro de mim há uma vontade de ser melhor, mas continuo errando os mesmos erros.
Sabe Espirito Santo, eu me envergonho. Já perdi a conta de quantos fracassos nesta tentativa de ser melhor. É triste. Já me questionei como posso ser tão, ignorante, frágil, egoísta, e sensível. Espanto-me com tamanha miserabilidade. Espirito Santo por que você não desiste de mim? Como pode amar tanto alguém como eu? 
Eu só me sinto mais digna, quando a maldade dentro de mim é substituída por sua doce presença. Só me sinto livre, quando me rende ao seu amor, quando me prostro e me entrego ao teu querer. Nestes momentos sinto que posso até voar. Só assim, vejo esperança pra mim, só com você sou capaz de amar e perdoar.

Geeh Rodrigues
Reações:

3 comentários:

  1. Que linda mensagem querida!
    Amo visitar esse blog pois suas mensagens sempre me tocam o coração. Deus continue vos abençoando!!
    :D

    http://www.brilhandoemeioastrevas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Todos somos assim mesmo, somos tão frágeis e tolos, mas Deus continua nos amando do mesmo jeito. Lindo texto.

    ResponderExcluir
  3. Obrigado' você me motivam sempre a escrever' Volte sempre. Abraços Geeh Rodrigues

    ResponderExcluir